12 jul
2017

A atividade comercial tem evoluído muito com o tempo.

Antigamente gerar vendas para a sua empresa costumava ser muito mais fácil.

Havia uma receita de bolo que funcionava muito bem para adquirir clientes.

Investir em mídia para gerar demanda e depois fechar vendas na sua loja com um esforço mínimo. As lojas geravam lucro e principalmente aquelas que estavam bem situadas, como num Shopping Center, por exemplo, tinham o fluxo dos passantes uma oportunidade que já fazia com que muitos clientes entrassem e comprassem.

Como os clientes não tinham muita informação, a única alternativa era confiar nos canais que existiam à época como TV, jornal, outdoors, rádio, folders, etc., para entender melhor as soluções disponíveis.

Então veio a internet e mudou muito a forma como as pessoas descobrem, avaliam e compram produtos e serviços. Por conta disso as formas tradicionais de publicidade se tornaram menos eficientes, uma vez que, diante da enorme avalanche de informações recebidas, os consumidores se tornaram muito seletivos, preferindo aquelas informações que lhes dizem alto.

Ficou muito mais fácil bloquear propagandas e outras interrupções não desejadas. Além disso, apareceram os smartphones que por sua vez deram mobilidade as pesquisas e tornaram as pessoas conectadas quase que 24 horas por dia.

Por conta disso, a forma tradicional de se fazer marketing e vendas não têm funcionado mais. Isto quer dizer que abordar os clientes e prospectos apenas para vender produtos que nem são desejados pelos clientes, sem antes perguntar àquele contato o que ele realmente precisa e se ele deseja receber esse tipo de publicidade tem irritado mais as pessoas do que contribuído para o aumento de vendas. É o que chamamos de forma bem humorada de Marketing da Esperança, através do qual você gasta bastante dinheiro comunicando as suas ofertas e promoções com TV, jornal, outdoor, panfletos, etc. e fica esperando o cliente comprar.

A prova disso é que o comércio eletrônico tem crescido exponencialmente com a consequente diminuição do mercado para as lojas de varejo. Veja os números desse fenômeno.

Isso traz para o varejo três desafios fundamentais para quem quer permanecer no mercado, crescer e vender mais.

  1. Como manter aquecido o relacionamento com a sua base de clientes de forma que eles se tornem mais que seus clientes, se transformem em admiradores, verdadeiros super fãs, capazes de comprar e de indicar a sua loja para os seus amigos, parentes e sua rede de contatos.
  2. Como alcançar o potencial cliente e fazer com que ele conheça e confie na sua empresa ainda durante a etapa de pesquisa, melhorando o processo depois desse contato para de fato ele visitar a sua loja.
  3. E por último, como melhorar a conversão em vendas do cliente que entra em sua loja, de tal forma que o funil de vendas como um todo seja mais eficiente.

A boa notícia é que as Lojas de Varejo podem se utilizar em seu benefício do Marketing Digital para resolver a maioria desses desafios, aplicando as técnicas que as empresas de E-Commerce – seus concorrentes mais perigosos – utilizam com sucesso.

Essa mudança começa com a migração do marketing tradicional, onde a empresa só aparece para o cliente com ofertas e promoções, para o marketing de conteúdo que objetiva fazer com que sua marca se torne referência em seu segmento, gerando autoridade, engajamento de seus clientes e despertando a confiança nos seus prospectos.

Marketing de Conteúdo é a estratégia de produzir conteúdos interessantes para seu público-alvo, que o auxilie em todo processo de compra e o atraia para você de forma natural e espontânea.

Comente abaixo e diga se você deseja aprender como utilizar o Marketing de Conteúdo a seu favor.

dialox
http://www.dialox.com.br
contato@dialox.com.br

Leave a comment:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *